Category

Cursos e Palestras

Category

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) apresentou, nesta sexta-feira (22/03), os trabalhos de artesanato confeccionados por internos das unidades prisionais do Amazonas durante o evento em homenagem ao “Dia do Artesão”. O evento foi promovido pela Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab) e realizado na Arena Amadeu Teixeira.

O evento faz parte do Programa de Artesanato Amazonense, que reuniu 72 expositores. Os produtos foram confeccionados pelos próprios internos durante os cursos de capacitação, como o projeto Mãos Livres, realizados pela co-gestora Umanizzare Gestão Prisional. Participaram internos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), Centro de Detenção Provisório Masculino II (CDPM), Centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF), Penitenciária Feminina de Manaus (PFM) e da Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI).

Estiveram presentes na exposição, a primeira-dama do Estado do Amazonas, Taiana Lima, além das secretárias Neila Maria Dantas (Setrab) e Viviane Lago, da secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped), que conheceram os trabalhos manuais produzidos pelos detentos. Entre os diversos produtos, estavam expostos colares, luminárias, toalhas, camisas e sandálias personalizadas. Para a diretora do Deresc, Keyla Prado, o evento foi uma oportunidade de mostrar as ações que são realizadas dentro das penitenciárias. “São oferecidas oportunidades para que o preso possa começar uma nova vida quando sair do presídio. E o artesanato é uma delas”, afirmou.

Projeto Mãos Livres – O Projeto Mãos Livres, criado pela Umanizzare Gestão Prisional, tem entre suas metas propiciar aos reeducandos um conjunto de trabalhos manuais de natureza terapêutica, com viés de inserção econômica. Além de terem acesso a noções de técnicas modernas de arte, com foco em sustentabilidade e designer, os reeducandos se familiarizam com planos de negócios, proposta de valores, marketing e análise de mercado.