Projeto Plantando a Liberdade

PLANTANDO-A-LIBERDADE

O Projeto Plantando a Liberdade é uma iniciativa inovadora, por meio da qual os reeducandos têm acesso a noções de plantio e cuidado com hortas. Além do caráter terapêutico e profissionalizante, o projeto tem assegurado o fornecimento diário de verduras à população carcerária. Iniciado em 2015, conta com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam).
Na horta da UPI, graças às técnicas utilizadas pelos reeducandos, em se plantando tudo dá. Atualmente, duas vezes por semana, a cozinha recebe hortaliças produzidas no “quintal” da unidade prisional: couve, berinjela, pimenta de cheiro, brócolis, pepino, quiabo, acelga, agrião, pimenta malagueta, coentro e cebolinha. Dois internos revezam-se no trabalho de cuidado da horta, um deles devidamente remunerado pela Umanizzare.

O esforço é contabilizado também para remição de pena. Além de fornecer as hortaliças, legumes e verduras à população carcerária, viabilizando uma alimentação saudável, possibilita uma atividade de laborterapia.

DSC05613