Category

Notícias

Category

Os 60 agentes de socialização que participam da 18ª edição do curso de “Formação de Agentes de Socialização”, promovido pela Umanizzare Gestão Prisional, vão aprender sobre “Ética Profissional”, em disciplina que será ofertada na próxima terça-feira (17). O curso teve início no dia 4 de julho e trouxe diversos debates relacionados ao sistema carcerário. Para concluir a formação, os participantes terão que garantir a conclusão das 16 disciplinas ofertadas.

De acordo com a gerente de RH da Umanizzare, Erika Borges, a disciplina sobre “Ética Profissional”, terá carga horária de 8h e trará uma ementa com abordagens sobre a ética e sua aplicabilidade nos estabelecimentos prisionais.

“Os agentes também terão conhecimento sobre o profissional e seus conflitos nos estabelecimentos prisionais, além de estudar sobre o comportamento ético nas prisões e postura profissional”, disse a gerente técnica.

Erika Borges explicou, que os agentes que participam do curso vão estudar sobre a temática de corrupção e envolvimento entre partes atuantes no sistema prisional. A gerente de RH disse que o principal objetivo de disciplina é desenvolver a capacidade para compreender os aspectos que norteiam a ética e o exercício da cidadania.

“Os agentes vão adquirir conhecimento, ainda, para desenvolver habilidade que favoreçam o relacionamento interpessoal nos estabelecimentos penais e, também, entender a postura do profissional e disciplina ética nos trabalhos nas unidades prisionais”, disse a gerente de RH.

Segundo a gerente de RH da Umanizzare, Erika Borges, o programa de formação serve como capacitação técnica para melhorar o desempenho do agente de socialização dentro das unidades prisionais.

Metodologia

Erika Borges explica que a metodologia da disciplina será com aulas expositivas com utilização de mídia, apresentação (Data show/computador), além da discussão em grupo. A gerente de RH disse que a avaliação será feita por meio de frequência, participação, comportamento e teste escrito