Category

Notícias

Category

Os filhos das pessoas privadas de liberdade do sistema penitenciário amazonense terão todo o mês de outubro para celebrar o Dia das Crianças. Nos próximos dias 20 e 21, a criançada vai receber a atenção e o carinho dos pais em uma grande confraternização realizada na Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI).

A programação será realizada no espaço do projeto “O Pequenino” e no pátio de visitas, que serão decorados pelos internos que participam do curso de Ornamentação de Balões, com o tema: “Criança é nunca perder a magia da vida”. As crianças participarão de brincadeiras como a corrida do saco, caça ao tesouro, dança da cadeira entre muitas outras atividades, finalizadas com a premiação de brinquedos.

Segundo a gerente técnica da UPI, Maria Domingas Printes, a maioria dos brindes que serão distribuídos para a meninada foi confeccionada pelos próprios reeducandos, como aviõezinhos, unicórnios e carrinhos. Ainda, segundo ela, todo o material utilizado é reciclado e foi disponibilizado pela Umanizzare Gestão Prisional Privada, empresa que faz cogestão em seis unidades da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

“O intuito é fortalecer o laço dos reeducandos com as suas famílias, visando o bem-estar social e emocional dos mesmos, incentivando-os a doarem o seu tempo, conhecimento e amor às crianças que irão participar das ações na UPI”, afirma Domingas.

Em Manaus as comemorações pelo Dia das Crianças foram realizadas nos dias 13 e 14 deste mês.  Nas unidades do Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM), Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj/ Fechado), Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT), e na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), os colaboradores da área técnica e operacional recepcionaram a criançada fantasiados de super- heróis e palhaços, proporcionando a diversão dos pequenos. Além de muitas brincadeiras eles receberam também presentes, picolés, doces, salgados e refrigerante, sempre acompanhados dos familiares.  

Já na Penitenciária Feminina de Manaus (PFM) e no Centro de Detenção Provisória Feminino de Manaus (CDPF) a garotada se divertiu com o teatro de bonecos.  As marionetes ganharam vida pelas mãos e vozes das colaboradoras que interagiram com as crianças durante os contos. Eles também ganharam brindes e guloseimas.