Category

Ressocialização Umanizzare

Category

No mês de fevereiro, iniciou-se mais um projeto de fabricação de chinelos no Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT). É por meio do trabalho que os reeducandos passam a ter conscientização, capacitação profissional na qual os mesmos desenvolvem a ressocialização, aproveitamento profissional e reflexão de vida social. A atividade é supervisionada pelo educador físico Jamerson Rodrigues, segundo as normas e regras da unidade prisional.

De acordo com a Lei de Execução Penal, nº 7.210 de 11 de julho de 1984, a cada três dias trabalhados o reeducando reduz um dia de pena. Segundo o interno Robson dos Santos da Silva, é gratificante trabalhar no projeto e, além disso, servir na vida profissional irá auxiliá-lo a remir a pena.

O incentivo e a oportunidade dada ao reeducando por meio do trabalho é proporcionar a ele uma volta à sociedade com uma visão diferente e com experiência de trabalho. Todos os participantes do projeto o valorizam, esse é o caso dos internos Mateus Trindade Sales e Robson dos Santos da Silva, que até o dia 28 de fevereiro já fabricaram 3.720 pares de chinelos.