Notícias

Reeducandas do CPDF recebem curso profissionalizante de maquiagem

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Cerca de 10 reeducandas do Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), participaram na manhã desta quinta-feira (16), do curso profissionalizante de maquiagem. O curso acontece por meio de uma parceria entre a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e a Umanizzare Gestão Prisional.

De acordo com Luciane Lopes, que atua como apoio de projeto da Umanizzare, o curso acontece no Núcleo de Aprendizado Profissional (NAP), e tem carga horária de 60h semanais, sendo obedecido 6h diárias de aula.

“No curso, as reeducandas saem do tempo ocioso, e encontram uma saída para vencer no dia-a-dia, em uma luta constante contra a tristeza e a depressão pelas condições do cárcere”, disse Luciane Lopes.

A instrutora do curso, Aline Jordão, explicou que as reeducandas tiveram uma boa aceitação com as aulas de maquiagem, que tem ajudado muito para quando estiverem fora do ambiente prisional.

“Elas aprendem uma profissão aqui na unidade que servirá como uma fonte de renda extra quando deixarem a prisão. As participantes do curso são bastante interessadas em aprender, elas interagem umas com as outras, são participativas, empolgadas e dedicadas”, disse a instrutora do curso.

A reeducanda Daiane Seixas, 27, disse que o curso serve como uma oportunidade para se profissionalizar e aprender algo novo que servirá para uma nova vida fora da prisão. “O curso é importante, também, para ocupar nossa mente, e termos uma alternativa de trabalho quando sair da prisão, além de termos a oportunidade de remir a pena pela participação do curso”, disse a reeducanda.

Publique um comentário