Últimas notícias
Author

Umanizzare Brasil

Browsing

Reeducandos foram assistidos pelos próprios colegas formados no Curso de Barbearia recentemente oferecido pela Umanizzare. Empresa também distribuiu kits de higiene pessoal

Em comemoração ao Dia do Homem, celebrado no Brasil no dia 15 de julho, a Umanizzare Gestão Prisional promoveu, na Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI), ação no dia 15 do mesmo mês para despertar atenção para problemas e circunstâncias que acometem o sexo masculino. No intuito, então, de aumentar a autoestima dos reeducandos, a equipe de saúde da unidade optou por realizar dia de embelezamento, com direito a cortes de cabelo e barba e limpeza de pele.

Aproveitando a recente formação dos internos da unidade que participaram do Curso de Barbeiros, realizada em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) de Itacoatiara, estes foram convidados a praticar as técnicas adquiridas nos colegas. A enfermeira da UPI, Elinilma Martins, que coordenou a ação, ressaltou a importância de investir na elevação da autoestima no ambiente prisional. “A privação de liberdade não pode ser um impeditivo para se sentir bonito e especial. É relevante não apenas para autoestima, mas também para a saúde em geral”, afirma a enfermeira.

A atividade também forneceu informações sobre saúde e higienização, inclusive capilar, reforçando, de acordo com Elinilma, que higiene pessoal é também um procedimento de saúde. A ação foi muito bem recebida pelos reeducandos. “Além de aprender mais detalhes sobre higienização do corpo, ter a oportunidade de cortar o cabelo dos colegas me ajuda a colocar em prática o que aprendi no curso”, conta o reeducando Renato dos Santos Pereira, formado como barbeiro. Wallace Tenório de Souza, também reeducando e barbeiro, concorda, e afirma que foi uma ótima chance para aprimorar seus conhecimentos e técnicas.

O interno Joventino Lacerda Tavares, que participou recebendo atendimento, mencionou sua parte preferida da atividade. “Eu gostei muito de limpar a pele e melhorar meu visual. Me deixou até mais animado”, diz. A ação que celebrou o Dia do Homem na unidade contou ainda com distribuição de kits, oferecidos pela Umanizzare, contendo toalha de rosto, creme de barbear, shampoo, talco, espelho e toalha de banho. A intenção é que todos deem continuidade ao trabalho de cuidado desenvolvido junto aos colegas.

O Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM), inaugurado em 2011, está localizado na BR-174, Caracaraí, e abriga os detentos à espera de julgamento.

A unidade ocupa um terreno de mais de 9 mil metros quadrados, cercado por uma estrutura de concreto armado para reforçar a segurança, tem capacidade para acomodar até 810 detentos, entre celas coletivas e individuais, bem como espaços para atividades educacionais e assistência médica e jurídica.

Seguindo como exemplo instituições em países onde até 80% dos detentos podem ser reabilitados, a Umanizzare, que assumiu a cogestão do CDPM em 15 de Outubro de 2013, acredita que para reabilitar, além de boas condições físicas, o detento precisa de atividades que ofereçam um futuro de volta à sociedade.

Localizado na rodovia BR-174, km 8, em Manaus, o Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT) aloja hoje cerca de 740 presos fechado provisórios abrigados em uma estrutura de segurança máxima.

Inaugurado em 2006, o complexo, passou a ser gerido pela Umanizzare em 11 de Novembro de 2013 em sistema de cogestão, atuando ao lado do Estado e operacionalizando os mais diversos processos e serviços do sistema prisional.

Seguindo como exemplo instituições em países onde até 80% dos detentos podem ser reabilitados, a Umanizzare acredita que para reabilitar, além de boas condições físicas, o detento precisa de atividades que ofereçam um futuro de volta à sociedade. Por isso, investe em ações e projetos para o melhor bem-estar e otimização do atendimento aos detentos, bem como às suas famílias.

Assistência médica e odontológica, campanhas de vacinação, atuando na prevenção de doenças, assistindo os detentos e proporcionando-lhes tratamento médico e promovendo ações sociais em prol do bem-estar do reeducando são algumas das ações que a Umanizzare desenvolve no IPAT.