Cursos e Palestras

Reeducandas do CDPF recebem palestra sobre automedicação

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Reeducandas do Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF) receberam, no dia 11 de julho, palestra que abordou o tema da automedicação. A palestra aconteceu por meio de uma parceria entre a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e a Umanizzare Gestão Prisional.

Com a participação de 20 reeducandas, que fazem acompanhamento médico psiquiátrico, a palestra foi realizada pelo enfermeiro Antônio Valdecir Ribeiro Barreiros.

O enfermeiro disse que diante do crescente número de internas do CDPF que praticam a automedicação, o objetivo da palestra foi promover a conscientização das detentas quanto aos riscos que estão expostas quando se automedicam, o que pode ocasionar desde uma alergia até o óbito.

“A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou no ano de 2014, que até 20 anos as pessoas estariam morrendo de gripe, decorrente do efeito causado pela automedicação na resistência orgânica às drogas”, destacou o enfermeiro.

Antônio Valdecir Ribeiro disse que a automedicação é a prática de ingerir medicamentos sem o aconselhamento e/ou acompanhamento de um profissional de saúde qualificado, em outras palavras, é a ingestão de medicamentos por conta e risco por um indivíduo.

Publique um comentário