Notícias

Reeducandas do CDPF assistem ao filme “Que Horas Ela Volta”

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Todas as quartas-feiras, as internas do Centro de Detenção Provisório Feminino – CDPF, por meio do setor de psicologia da unidade, assistem a um longa nacional.

Esta semana, as internas irão ver o filme “Que Horas Ela Volta” – que conta a história da pernambucana Val, interpretada por Regina Casé, que se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições para sua filha Jéssica.

De acordo com psicóloga da unidade, Igo Felipe, após assistir ao filme, as reeducandas passam por um momento de interação, em uma roda de conversa, como processo de orientação para o retorno à sociedade.

“Os filmes possibilitam enxergarmos a realidade com mais clareza e um maior entendimento sobre nossos sentimentos. Isso é fundamental no processo de reinserção dos internos”, destacou.


A atividade faz parte do projeto Cine Cultura para promover lazer e conhecimento para as internas, através da sétima arte.

Outra finalidade do projeto é quebrar a monotonia do dia a dia proporcionando lazer, conhecimento e reflexão entre as reeducandas após cada exibição.

A gerente técnica da Umanizzare, Sheryde Karoline, acrescenta que com as sessões de cinema, as reeducandas passam a refletir sobre o tema, agregando valor ao comportamento das reeducandas.  “Os filmes selecionados têm situações que, de uma forma ou de outra, podem ser usadas para trabalhar mudanças de atitudes e de comportamento que venham a beneficiar as relações interpessoais, bem como despertar em cada reeducanda motivações que possam cultivar mudanças em sua vida”, disse Sheryde.

Durante o mês de março aproximadamente 30 internas, com rotatividade de pavilhão diferente a cada semana, participaram do projeto.

A reeducanda, Ruth Helena do Rosário Gomes, do Pavilhão 3, foi uma das que curtiu o filme. “A atividade proporciona momentos de descontração e interação com outras reeducandas, além do conhecimento que ganhamos com os filmes”, finalizou Ruth.

Cine Cultura –  Entre as diversas ações realizadas pela Umanizzare Gestão Prisional, empresa que faz a cogestão de seis presídios no Amazonas, com a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), está a exibição de filmes, por meio do Projeto Cine Cultura.

Desenvolvido em 2015, o Cine Cultura tem sido utilizado para manter a saúde física e mental dos reeducandos, visando o seu retorno à sociedade.

Publique um comentário