Notícias

Reeducandos da Unidade Prisional de Itacoatiara são vacinados contra Hepatite

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Ação Mão de Vida, realizada no mês conhecido pelo combate ao vírus que causa a doença, objetiva prevenir, diagnosticar e informar internos

O mês de julho é lembrado pelo combate das hepatites virais no mundo todo. Aproveitando este contexto, a fim de informar os reeducandos sobre métodos de prevenção da doença, a Umanizzare Gestão Prisional, realizou, no dia 14 de julho, na Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI), a campanha Mão de  Vida. O projeto levou aos internos testes rápidos e vacinas, além de palestra sobre o assunto.

A ação teve como objetivo principal precaver doenças no âmbito prisional. Contando com o apoio da coordenação municipal de doenças sexualmente transmissíveis (IST/AIDS), que ministrou a palestra, as atividades foram acompanhadas pela enfermeira Elinilma Martins e a odontóloga Tamires Ferreira, ambas da unidade. “Os reeducandos tiveram a oportunidade de conhecer meios de prevenção do vírus, já que a hepatite é, muitas vezes, uma doença silenciosa, ou seja, sem sintomas aparentes”, conta Elinilma.

A enfermeira ressaltou ainda a importância da execução de projetos como este. ‘’A maioria dos internos acaba sabendo aqui, através de testes no próprio cárcere, de doenças que portam. Assim, a Mão de Vida possibilita o diagnóstico e o acesso sem burocracias ao tratamento”, explica.

Para o interno Genival Costa Farias, a aprendizagem sobre os métodos adquirida na palestra foi o que mais lhe chamou a atenção. “Pude entender que atitudes simples, como testes rápidos, podem influenciar na cura de doenças”, conta. Ao todo, 71 reeducandos participaram da ação.

Publique um comentário