Notícias

Reeducandos do COMPAJ participam de Concurso de Redação

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Com o intuito de aperfeiçoar as técnicas usadas na elaboração de redação a Umanizzare Gestão Prisional Privada em parceria com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária- Seap, está realizando no Complexo Penitenciário Anísio Jobim- Compaj, o 1º Concurso de Redação- 2016. A abertura do concurso aconteceu na manhã desta terça-feira (19) e os participantes são reeducandos do Compaj que frequentam as aulas do Projeto Bambu. Os temas escolhidos para essa edição do concurso foram: Família e Cultura. 

O projeto Bambu tem como objetivo oferecer aos reeducandos um espaço didaticamente adequado e motivador para criação e motivação de grupos de estudos preparatórios para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e para certificação de competências de jovens e adultos – ENCCEJA. Neste espaço, a educação formal é buscada mediante o estimulo do hábito pelo estudo, leitura e mudança de comportamento, para que haja uma perspectiva de vida positiva. O projeto está funcionando no Compaj há quase dois anos e possui duas turmas, uma no turno da manhã para ensino fundamental e outra no turno vespertino para ensino médio, cada turma tem 20 participantes. As aulas são ministradas pela aluna finalista do curso de Letras da Faculdade Nilton Lins, Amanda Silva. 

Durante a realização da abertura do Concurso, a professora do projeto, falou aos reeducandos sobre a importância da escrita correta, coerente e contextualizada, e ainda da produção textual. Segundo Amanda, essa atividade pedagógica tem como intuito preparar os reeducandos para o Exame Nacional do Ensino Médio. “Através da redação será possível identificar onde os reeducandos estão com dificuldades e ajudá-los a melhorar seus textos”.

As redações serão analisadas pela professora do projeto, e até a próxima semana será anunciado o resultado do concurso.

Comments are closed.