Notícias

Mais três unidades prisionais implantam projeto O Pequenino

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Nesta semana mais duas unidades prisionais implantaram o projeto social O Pequenino. Na manhã do dia 15 (quarta-feira) o Centro de Detenção Provisória de Manaus- CDPM, iniciou as atividades do projeto recebendo as crianças que chegavam à unidade acompanhando seus familiares para atendimento de cadastro. E no dia 16 (quinta-feira) foi a vez da Unidade Prisional de Itacoatiara/AM- UPI e da Unidade de Tratamento Penal de Barra da Grota – UTPBG, no Tocantins, inaugurarem seus espaços para acolher os pequenos visitantes.

O projeto O Pequenino foi desenvolvido pela Umanizzare Gestão Prisional em parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas- Seap, com o intuito de receber de maneira adequada as crianças que acompanham seus familiares as unidades prisionais em dias de atendimento social (cadastro e outros serviços). O projeto consiste em habilitar um espaço dentro da unidade dedicado ao acolhimento de crianças, transformando o ambiente de espera em um lugar tranquilo e aconchegante para os pequenos.

Segundo o Gerente Técnico do CDPM, Alexandre Santos, a partir de agora as crianças terão mais atenção e ficarão mais tranquilas no ambiente que está adequado para recebe-las, “ O ambiente prisional não é um local confortável, mas muitas crianças precisam acompanhar seus pais no dia do atendimento social e foi  pensando nelas que nós pensamos em criar um ambiente confortável para recebe-las enquanto seus familiares estão sendo atendidos nos serviços de cadastro e outros , as crianças ficam no espaço O Pequenino brincando e interagindo com outras crianças de maneira saudável e tranquila”, disse o gerente.

De acordo com a gerente técnica da Unidade Prisional de Itacoatiara- UPI, Maria Domingas Printes, o projeto O Pequenino vai funcionar na unidade somente nos dias de visitas, segundo Domingas, essa característica que diferencia o projeto das demais unidades, acontece por que nos dias de cadastro e atendimento social os familiares não levam crianças, elas vão à UPI somente nos dias de visita. “Aqui na unidade os familiares não tem o hábito de trazer crianças nos dias de cadastro, por esse motivo o espaço O Pequenino foi pensado, programado e instalado para acontecer na área de visita, onde ocorre a interação dos reeducandos e seus familiares, e assim como nas demais unidades as atividades serão acompanhadas por uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogos e assistentes sociais”.  

No Amazonas o projeto já funciona no Complexo Penitenciário Anísio Jobim- Compaj e no Centro de Detenção Provisória Feminino- CDPF. A Casa de Detenção Provisória de Palmas – CPPP, no estado de Tocantins também realiza o projeto. Com a implantação do espaço no CDPM, na UPI e na UTPBG, a Umanizzare alcança seis unidades com o projeto em pleno funcionamento. O espaço que disponibiliza literatura infantil, pintura, brincadeiras e distribuição de guloseimas, tem todas suas atividades acompanhadas pela equipe de assistência social das unidades, que acolhem carinhosamente todas as crianças e deixam o ambiente mais leve. 

Comments are closed.