Category

Humanizar

Category

Em parceria com Secretaria de Saúde do Município, empresa e Seap realizaram Olhos Saudáveis, ação para detectar alterações oculares e corrigir imperfeições

Em comemoração ao Dia Mundial da Saúde Ocular, celebrado em julho, a Umanizzare Gestão Prisional realizou, no dia 27 do mesmo mês, a ação Olhos Saudáveis, na Unidade Prisional de Itacoatiara, no Amazonas. Com atividades voltadas para exames oftalmológicos, a iniciativa, que aconteceu em parceria com a Secretaria de Administração Penitenciaria (SEAP), tem objetivo de detectar alterações oculares e corrigir por meio do uso de óculos e/ou cirurgia posteriormente.

A Secretaria de Saúde do Município (SEMSA) também apoiou o projeto. O secretário de Saúde, Braz Rodrigues dos Santos, e sua equipe, estiveram na unidade acompanhando a Olhos Saudáveis, colocando a Secretaria à disposição para prover apoio a este tipo de ação. De acordo com o secretário, a atividade é de fundamental importância para a saúde dos reeducandos.

A ação se deu em duas etapas. A primeira, de consultas, contou com assistência do oftalmologista Reginaldo Pinto dos Santos, e a segunda, de distribuição de óculos, teve apoio da Ótica Vision. A enfermeira da UPI, Elinilma Martins, responsável pela coordenação da atividade, ressaltou a relevância das parcerias que promoveram a Olhos Saudáveis.  “Ter apoio para oferecer aos reeducandos uma boa assistência de saúde é essencial. Sabemos o quanto uma visão deficiente, por exemplo, causa desconfortos e prejuízos, dificultando execução de atividades básicas do dia a dia”, afirma.

Elinilma garante que a atividade proporciona melhor qualidade de vida e oportuniza melhores condições de trabalho e estudo aos assistidos. O interno Ewerton Júnior de Oliveira concorda, e diz que é gratificante poder participar da ação. “Receber cuidados médicos com a visão nos faz sentir importantes e eleva nossa autoestima”, declara. A Olhos Saudáveis contou ainda com apoio do corpo técnico da área de saúde da unidade, e atendeu um total de cem pessoas entre reeducandos e colaboradores.