Notícias

Reeducandos da UPI colhem verduras em projeto Plantando a Liberdade

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

O Projeto Plantando a Liberdade que iniciou na Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI) no dia 2 de fevereiro de 2016, com o objetivo de fornecer verduras, legumes e hortaliças para a população carcerária teve mais uma bela colheita neste mês de setembro. O projeto acontece por meio de uma parceria entre a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e a Umanizzare Gestão Prisional.

O projeto tem o objetivo de viabilizar uma alimentação saudável aos reeducandos, bem como a atividade de laborterapia. A atividade busca estabelecer a relação harmônica homem/natureza, através da manipulação da terra, preparo, plantio de mudas e sementes, e posteriormente a rega e sua manutenção.

O trabalho vem sendo desenvolvido diariamente, onde são preparados os canteiros para que sejam realizados os plantios. Não são utilizados nenhum tipo de agrotóxico e adubo químico nestes canteiros, e para suprir as necessidades hídricas das plantas. São realizadas irrigações diárias nos dois turnos (manhã e tarde) com o auxílio de regadores.

No mês de setembro foram cultivadas as seguintes: Pimenta cheirosa, couve manteiga, alface, coentro e chicória. O projeto conta com a parceria do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), da cidade de Itacoatiara.

Os reeducandos responsáveis pela manutenção do projeto plantando a liberdade são: Alcimar Azevedo Rodrigues e Francenildo Silva dos Santos.

Publique um comentário