IPAT

Reeducandos confeccionam chinelos em mini-fábrica no IPAT

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Após receberem um curso de capacitação de 20 horas, ministrado pela professora Nelcineide Silva de Lira, cinco reeducandos do Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT) colocaram em prática o que aprenderam na mini-fábrica de chinelos da unidade prisional.

De acordo com a professora Nelcineide Silva, no dia 7 de agosto iniciou-se o projeto de fabricação de chinelos do Instituto Penal Antônio Trindade. O “objetivo é capacitar os reeducandos na fabricação de chinelos para suprir a demanda contratual da empresa junto ao Estado”, destacou a professora.

Nelcineide Silva explicou que as aulas aconteceram de forma teórica e prática e os reeducandos foram supervisionados pelo professor Elres Alves Barbosa. 

“A realização da atividade proporcionará a conscientização e a capacitação para a o mercado de trabalho, irá desenvolver a ressocialização e o aproveitamento profissional”, disse.

Publique um comentário