Notícias

Cerca de 75 internos do Compaj participam da 31ª edição do Remição pela Leitura

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

 

Nos próximos dias aproximadamente 75 internos dos pavilhões 01, 02 e 05 do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), irão passar por avaliação escrita do Projeto Remição pela Leitura, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e Umanizzare Gestão Prisional, empresa que faz cogestão em seis presídios do Estado.  A prova vai consistir de interpretação e elaboração de resenha crítica da obra literária lida pelo participante.

A avaliação oral foi realizada no dia 04 de abril com a participação de 08 reeducandos.

Recomendado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e previsto na Lei de Execução Penal (LEP), o Programa de Remição pela Leitura visa reduzir a pena dos internos utilizando obras literárias.

Remição pela Leitura – Recomendado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e previsto na Lei de Execução Penal (LEP), o Projeto consiste na interpretação e construção de resenhas críticas visando tanto o fomento ao hábito de ler, quanto o benefício da remição de dias da pena de pessoas privadas de liberdade, segundo a recomendação Nº44, de 26 de novembro de 2013 do Conselho Nacional de Justiça – CNJ.

O reeducando que deseja participar irá receber orientações, através de aula explanatória ministrada por uma professora da escola regular, cedida através de uma parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc), para a elaboração do relatório de leitura, respeitando o prazo de 21 a 30 dias para a preparação.

“Os internos que participam regularmente das atividades pedagógicas e socioeducativas recebem livros e são orientados a produzir resenhas ou relatórios sobre a leitura. Além de reduzir a pena, o projeto tem sido fundamental para a mudança de comportamento dos reeducandos, ressalta a coordenadora de projetos da Umanizzare, Maria Domingas Printes.

Foram convidados para a banca avaliadora desta edição o diretor adjunto da unidade, Dillaney Silva Fabar; a coordenadora dos projetos da Umanizzare –  Maria Domingas; gerente operacional – Antônio Fernando Paiva. O resultado das avaliações deve ser entregue na primeira quinzena do mês de maio.

Publique um comentário