Notícias

Reeducandos da UPI participam de “Espaço Terapêutico” e confeccionam brinquedos para o dia das crianças

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Os reeducandos da Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI) participaram, nesta primeira semana do mês de outubro, de um momento de reflexão e conversa no “Espaço Terapêutico”. O espaço terapêutico é conduzido pela psicóloga Patrícia Mendes Gonçalves, e atualmente conta com a participação de 11 internos.

De acordo com a psicóloga, os reeducandos tiveram acompanhamento e participaram pela primeira vez do projeto de remição pela leitura. “O momento do espaço terapêutico serviu para esclarecer as dúvidas dos reeducandos e fornecer orientações sobre técnicas de oratória”, disse a psicóloga.

A psicóloga explicou que o Projeto Remição pela Leitura tem a importância de trabalhar as dificuldades da leitura, resumo e a oratória já que a grande maioria dos internos demonstra ansiedade e falta de habilidades de leitura com obras literárias.

De acordo com a assistente social da unidade, Ana Maria Bezerra, os reeducandos participaram ainda de uma dinâmica com balões, onde os internos sopraram algumas bexigas, que passaram a simbolizar a vida de cada um, em seguida foi realizado várias perguntas.

“Como por exemplo: Quantas estrelas tem no Céu? Quantos gramas de areia tem na praia? Quantos grãos de feijão existem dentro do pacote de 1 kg? Quem não acertou tinha que estourar seu balão. A intenção dessa dinâmica foi mostrar que temos dúvidas, dificuldades e sentimentos variados, porém se tirarmos a vida, esses problemas não serão resolvidos”, disse a assistente social.

Segundo a assistente social, o interessante da dinâmica, foi que o grupo não quis em hipótese alguma estourar o seu balão que simbolizava sua vida, demonstrando que o grupo não apresenta baixa estima e nem sentimentos depressivos graves.

Para o interno Alessandro Ferreira participar do espaço terapêutico traz a esperança de novas atividades quando sair do presídio. Já a psicóloga Patrícia Mendes, disse que o Espaço terapêutico traz para a responsabilidade dos internos a participação das ações que envolvem a família deles dentro da UPI.

Dia das Crianças

Patrícia Mendes disse que em um segundo momento, foi trabalhado a continuação da confecção de brinquedos para a ação do dia das crianças, que teve acompanhamento da assistente social Ana Maria Bezerra.

Publique um comentário