Notícias

Reeducandas do CDPF participam de oficina de customização de sandálias

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Reeducandas do Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), participaram nesta quinta-feira (23), de uma oficina de customização de sandálias, no “Projeto Mãos Livres”. O objetivo do projeto é promover um momento de empreendedorismo na forma de ressocialização, para que as presas aprendam uma ferramenta para geração de emprego e renda, que possa ser utilizada após a saída da unidade prisional.

De acordo com a assistente social da unidade, Mariana Marques, o curso acontece semanalmente, e busca levar um momento de interação entre as reeducandas. Mariana explicou que as aulas do curso são práticas, com técnicas de tingimento de pérolas, trama de flores, trama centopeia, trançado de contas, costura de trama e amarração de pedrarias.

“As atividades são essenciais para despertar interesses profissionais nas pessoas que estão custodiadas e para tirar o tempo ocioso”, diz a assistente.

Mariana Marques disse que os cursos possuem um papel fundamental na rotina das internas, que podem transformar o tempo ocioso dentro da unidade em um momento de aprendizagem.

“O estímulo a cursos profissionalizantes e noções de empreendedorismo estão sendo intensificados dentro das unidades prisionais, com o intuito de oferecer um momento lúdico para as reeducandas”, diz a assistente.

Remição de Pena

Os cursos são ministrados para devolver a autoestima, muitas vezes perdida com a privação da liberdade, ajudar a redução da pena pelo trabalho, como prevê a Lei de Execução Penal (LEP), e serve para abrir as portas do empreendedorismo para essas mulheres.

Publique um comentário