Notícias

Formação de agentes de socialização tem disciplina de procedimentos operacionais e monitoramento

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

“Procedimentos Operacionais e Monitoramento” será debatido entre os mais de 60 participantes em disciplina da 18ª edição do curso de “Formação de Agentes de Socialização” que acontece na sexta-feira, (20). A disciplina tem carga horária de 12h. O curso é oferecido pela Umanizzare Gestão Prisional.

De acordo com a gerente de RH da Umanizzare, Erika Borges, a disciplina traz uma ementa com conteúdos que tratam sobre a rotina da entrada e saída nas unidades prisionais e procedimentos de revista.

“Os participantes também vão ter conhecimento sobre equipamentos utilizados nas revistas e toda sistemática do procedimentos de revistas”, disse Erika Borges.

Conforme a gerente de RH, a disciplina trará discussões sobre postura e compostura no posto de trabalho, percepção e sinais de anormalidade, utilização das áreas solários e de lazer, galerias e pátio de sol, manutenção nas celas, disciplina de eventos atípicos e ocorrências gerais envolvendo os presos.

“Nesse contexto, os participantes aprendem sobre a questão de apreensão de celulares, brigas, apreensão de drogas e substâncias ilícitas, lesões corporais, homicídios, além de terrorismo postal”, disse a gerente de RH.

Erika Borges explica que os participantes passam a aprender sobre sistema de CFTV-Monitoramento Eletrônico, tipos de câmera, locais de instalação em instalações prisionais, operacionalização de câmeras e a importância do monitoramento eletrônico na rotina penitenciária.

Metodologia

Erika Borges explica que a metodologia da disciplina será com aulas expositivas com utilização de mídia, apresentação (Data show/computador), além da discussão em grupo. A gerente de RH disse que a avaliação será feita por meio de frequência, participação, comportamento e teste escrito.

Publique um comentário