Notícias

Presos são vacinados

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

A ação está programada para acontecer nas unidades prisionais em que a Umanizzare faz a cogestãono Amazonas. 

 

Mais de 1.257 detentos do Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM) estão sendo vacinados contra caxumba, sarampo, rubéola, hepatite B, difteria, tétano e febre amarela. A vacinação será realizada nos presídios amazonenses onde a Umanizzare Gestão Prisional faz a cogestão no Estado.

Até o final de campanha, prevista para 11 de abril, mais de cinco mil presos deverão ser vacinados.  Já foram imunizadas as internas do Centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF) e internos do Instituto Penal Antônio Trindade – (IPAT).

A vacinação faz parte do calendário de imunização da população carcerária do Estado, e conta com a parceria da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que disponibilizou mais de 600 doses por unidade prisional, sendo 150 para a prevenção de quatro tipos de doenças.

As vacinas são divididas em três doses: a segunda será aplicada depois de 30 dias e a terceira após 90 dias da primeira dose. “Caso o detento não tenha tomado a vacina no dia da campanha e resolva tomar quando estivermos aplicando a segunda ou a terceira dose, o ciclo dele é iniciado sem problema”, ressaltou a gerente técnica da Umanizzare, Sheryde Karoline

Ainda segundo Sheryde, as campanhas de vacinação dentro das unidades são feitas com frequência devido à rotatividade e ao grande número de detentos que chegam às penitenciárias.  Ela informa que além dos custodiados, a imunização se estende aos servidores, agentes, advogados, psicólogos, assistentes sociais e policiais que têm contato direto com os detentos nas unidades.

De acordo com a programação, irão receber vacinação a Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), a Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI), Penitenciária Feminina de Manaus (PFM) e o regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj Fechado).

Publique um comentário