Humanizar

Projeto O Pequenino fortalece vinculo familiar entre presos e filhos

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

       Com as crianças distraídas e imersas num ambiente com ações lúdicas e pedagógicas maridos e esposas ganham tempo e também em qualidade da visita.  

O projeto foi criado no ano passado com o objetivo de tornar menos traumática possível à visita das crianças a seus pais no ambiente prisional. O Projeto O Pequenino desenvolvido pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e Umanizzare Gestão Prisional Privada, atende ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e cresce a cada dia, uma vez que as crianças já sabem que existe um espaço especialmente preparado para acolhê-las enquanto elas acompanham os parentes nos dias de cadastro e visitas.

Na Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI) as crianças e os reeducados fortalecem o vínculo familiar ao participarem de ações lúdicas e pedagógicas.

“Pais e filhos passam boa parte do tempo fabricando brinquedos com materiais recicláveis, colorindo desenhos, ou lendo livros e isso ameniza as tensões geradas no ambiente carcerário, sem dizer que aproxima a família”, ressaltou Maria Domingas Printes, gerente técnica da UPI.

Para o reeducando Jonilson Antonio Rolim Magalhães, ver as crianças brincando e se divertindo neste espaço que o projeto oferece é muito importante. “Além disso, para nós é uma oportunidade a mais de o tempo passar, quando estamos produzindo ou fabricando novos brinquedos esquecemos por algumas horas que estamos presos”, acrescentou o reeducando.

Publique um comentário