Humanizar

Presos recebem orientação sobre direitos e deveres

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Aproximadamente 100 detentos da Unidade Prisional de Itacoatiara participaram de palestra sobre o tema

Com o objetivo de levar aos internos da Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI) os princípios básicos de direitos e deveres, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e a cogestora das unidades prisionais, a Umanizzare Gestão Prisional, promoveram uma série de palestras sobre o tema, proferida pelo advogado Keulison da Silva Ramos.

A ação integrada orientou os detentos de pavilhões e enfermaria com base na Lei de Execução Penal, onde estão constituídos os direitos e deveres dos presidiários, segundo o advogado da Umanizzare:

“Ministrar essa palestra foi enriquecedor, pois a conscientização dos reeducandos e o reconhecimento dos seus direitos são de suma importância, assim como saber quais são os deveres e segui-los enquanto estiverem privados de liberdade. Pode tornar os dias mais fáceis para todos” afirmou o advogado da Umanizzare.

Ainda, de acordo com Keulison Ramos, o conteúdo das palestras leva aos reeducandos algumas normas que fazem parte de qualquer meio social ou cultural, reforçando que quando bem orientados, é possível melhorar convívio entre as pessoas.

A gerente técnica da unidade, Maria Domingas, explicou que o objetivo da ação foi transmitir informações no que diz respeito à dignidade das pessoas que estão com sua liberdade restringida. Ela acrescentou, ainda, que algumas cartilhas sobre o tema, foram entregues aos reeducandos por meio do serviço social, com prioridade para os presos que estão chegando na unidade.

Para o reeducando, Geovane Henrique do Nascimento Duarte, Pavilhão B, a palestra foi muito importante para os internos, uma vez que eles tomam conhecimento sobre o que diz a lei de execuções penais e podem exigir, de forma legal, seus direitos sociais para a ressocialização.

Publique um comentário