Notícias

Reeducandos da UPI participam de curso de artesanato em vime

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

“O curso foi uma oportunidade para mais um aprendizado para todos nós. Foi gratificante, pois aperfeiçoei algumas técnicas como profissional e sendo também uma terapia mental, fazendo com que esqueçamos alguns problemas, e ainda podendo remir pena. E isso é importante para o retorno ao convívio social”. A avaliação é do reeducando Natalino Soares, sobre o curso de artesanato em vime promovido pela SEAP e pela Umanizzare em articulação com a a Associação dos Artesãos ArteIta.

Com carga horária de 45 horas, o curso durou 15 dias e teve como instrutores Alzarina Nobre de Souza e Valdomiro Serrão. Encerrado no dia 25 de agosto, o curso teve a participação de oito reeducandos, que confeccionaram 70 peças artesanais diversificadas (cestas e vasos). O interno Jânio Pereira da Silva Júnior afirmou que ao proporcionar a possibilidade do aprendizado, a équite técnica demonstra que acredita no potencial dos internos.

“Os professores foram excelentes, pacientes, educados e respeitosos. Aprendemos com eles uma profissão, proporcionando algo de melhor para nós lá fora. Agradeço também à equipe técnica”, afirmou Jânio. A instrutora do curso, Alzarina Nobre, afirmou que o curso transcorreu de forma harmoniosa, especialmente porque os internos foram respeitosos, dedicados, assíduos e comprometidos com as tarefas. “É satisfatório ministrar um curso como esse, num ambiente prisional, porque eles estão tendo uma oportunidade de mostrar seu trabalho, e ainda gerando renda para sua família”, disse.

Publique um comentário