Notícias

Unidades prisionais celebram Dia dos Pais e fortalecem laços familiares

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Parte da política permanente de acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares, o Dia dos Pais foi celebrado com uma série de atividades na Unidade Prisional de Itacoatiara, nos dias 12 e 13. Os filhos e filhas de pais reeducandos tiveram a oportunidade de participar da Oficina do Papai em um ambiente especialmente preparado para que as crianças elaborassem cartões e pinturas com mensagens de carinho e reconhecimento. A ação contou com o apoio do Projeto O Pequenino que, aos finais de semana que antecederam a data, reuniu as crianças e o monitor Salmo Guedes para construção do painel que ornamentou o espaço onde se realizou o encontro.

Nos dias 12 e 13, a comemoração aconteceu nos pavilhões A e B e setores de triagem e enfermaria, iniciando nas primeiras horas da manhã com a palavra de acolhimento da Assistente Social Ana Maria Bezerra, da gerente técnica Maria Domingas, da psicóloga Patrícia Gonçalves e das auxiliares de saúde bucal Fernanda Azevedo e Jáfia Nobre. A unidade realizou um bingo com premiação de kits de higiene pessoal. Reeducandos e familiares participaram das brincadeiras.

O reeducando Ivaldo Conceição demonstrou satisfação pela a ação em comemoração ao Dia dos Pais, afirmando que se sentiu valorizado. “O beneficio maior é reunir todos em uma só família”, afirmou. A assistente social Ana Maria Bezerra afirmou ser fundamental que os pais reservem tempo para seus filhos. “É muito importante que brinque e os ajude nos estudos. Este tempo vai aproximá-los e criar um vínculo afetivo que aumenta a confiança e a autoestima da criança. Vale lembrar que não é a quantidade, mas, sim, a qualidade deste tempo dedicado ao filho que importa”.

COMPAJ

No dia 14, a celebração aconteceu no Complexo Penitenciário Anísio Jobim\Compaj-RF, onde também foi realizada a Oficina do Papai em ambiente especialmente preparado para as crianças pintar e confeccionar lembranças aos seus pais. Assim, enquanto os familiares se descontraíam, as crianças produziam mensagens e reforçavam os laços familiares com seus pais. A equipe técnica da Umanizzare avaliou como bastante positiva a ação do Dia dos Pais.

CDPM

No Centro de Detenção Provisória de Manaus/CPDM, aproveitando a Semana do Reeducando, também foi celebrado o Dia dos Pais. Durante todo o dia, com intensa participação dos internos, filhos e familiares, foram realizadas diversas atividades voltadas ao fortalecimento dos laços familiares. A abertura do encontro foi feito com o acolhimento dos familiares por meio de orientações sobre a importância desta data simbólica e com as crianças em oficinas de pinturas, criando desenhos e mensagens que representam a afetividade e as relações com seus pais.

Aos reeducandos e filhos foi proporcionado um café da manhã, sorteio de cestas básicas e realizadas mensagens de sensibilização quanto a importância da participação dos pais no desenvolvimento da criança e a interação entre pai e filho, um dos fatores decisivos para o desenvolvimento cognitivo e social, facilitando a capacidade de aprendizagem e a integração da criança na comunidade.

Dia dos Pais na UPI
Compaj teve Torneio de Futsal para celebrar o Dia dos Pais
Oficina do Papai no Compaj-RF
Oficina do Papai no Compaj-RF
Torneio de Futsal alegrou também o Dia dos Pais dos reeducandos do CDPM
Dia dos Pais na UPI

Publique um comentário