Notícias

Projeto Mão de Obra Carcerária é desenvolvido na UTPBG

Compartilhe no Google+ Compartilhe no Pinterest Compartilhe no LinkedIn Compartilhe no Tumblr

Foram iniciadas as atividades de 2016 do projeto Mão de Obra Carcerária na Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPBG), uma iniciativa do Poder Judiciário e do conselho da Comunidade de Araguaína. Os trabalhos, contam atualmente com a participação de 30 reeducandos, que trabalham de segunda a sexta-feira, com alternância a cada semana entre os pavilhões A, B e C, garantindo assim a participação de todo o público carcerário nos diversos setores de atuação na unidade.

 O projeto tem como objetivo promover, além da capacitação profissional, a ocupação terapêutica. Proporciona ao reeducando sentir-se útil e produtivo, o que aumenta a sua autoestima e propicia a sua inclusão e reintegração na sociedade por lhe apresentar novos caminhos que o distanciem da criminalidade. Como forma de agregar mais atividades ao projeto, foi concretizada uma parceria com a empresa Quatro Ventos Moda Íntima, que disponibilizou tecidos previamente cortados para a confecção de peças íntimas, que são montadas e costuradas pelos reeducandos participantes do projeto. No último dia 20 de janeiro, a UTPBG recebeu as visitas do gerente de produção da empresa parceria, Alex José dos Santos, juntamente com o técnico em máquinas de costura, Atailson Gomes da Silva, e da encarregada de produção Olga Orgalene M. da Silva, todos colaboradores da Quatro Ventos Moda Íntima, que parabenizaram os reeducandos pela excelência dos trabalhos. “Os internos estão realizando um belíssimo trabalho, a grande maioria das peças estão sendo aprovadas pelo controle de qualidade da empresa”, ressaltou Olga.

Projeto Mão de Obra Carcerária na UTPBG
Projeto Mão de Obra Carcerária na UTPBG

 Com a visita, novas peças foram trazidas para confecção. Os participantes receberam orientações sobre as novas produções, além de um treinamento rápido com informações sobre reparos nas máquinas, caso seja preciso realizar esta ação. Dez reeducandos do pavilhão B estiveram presentes durante a visita.

 

 

 

 

Projeto Mão de Obra Carcerária na UTPBG
Projeto Mão de Obra Carcerária na UTPBG

Comments are closed.